POEMA DE AMOR N º3

Só um paciente amor

Para arrancar-nos as dores todas.

Porque somos assim feito esponjas

que quanto mais se espreme

mais dificilmente liberam

o que impede de sermos

verdadeiramente felizes.

 

POEMA DE AMOR N º 4

Tu és o cavaleiro

Que invadiu minhas muralhas.

Por isto é que te temo,

Por isto é que te enfrento.

 

E é nesta dura luta

que nós crescemos,

pois meus golpes fortes

romperam tua armadura.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: