OS ELEFANTES ESTÃO FURIOSOS

 

Os acidentes fatais com elefantes estão aumentando no mundo todo. É a notícia que circula em várias publicações. Em alguns países da África e Ásia os ataques de elefantes estão aumentando numa escala nunca vista anteriormente. As estatísticas de mortes de humanos, vítimas destes ataques, quintuplicaram na última década.

A explicação para este fato estaria num desequilíbrio na estrutura social das comunidades de elefantes. Todo mundo já ouviu falar que os elefantes nunca esquecem. Este ditado popular tem sido corroborado por pesquisas recentes que incluem os elefantes entre os animais mais inteligentes da face da Terra. Já foi provado que eles têm consciência de sua própria imagem. O que autoriza muitos especialistas a afirmar que eles podem ter consciência de si. Animais nesta condição são capazes também de aprender (que o digam aos amestradores de circo e os condutores de elefantes na Ásia).

O que estaria acontecendo é que a maioria dos animais em idade adulta esta sendo mortos ou por caçadores furtivos, para roubo de marfim, ou para controlar excessos populacionais em parques e reservas. Com isto os jovens elefantes não tem tido com quem aprender condutas de vida pacífica inatas à estrutura social das manadas aonde há equilíbrio de gerações. Ao invés disto estão desenvolvendo uma agressividade extrema que tem aumentado as estatísticas acima referidas. Além disto muitos destes jovens elefantes, por viverem em bandos, tem testemunhado a morte de seus anciões. O que pode também estar aumentando sua revolta com o mundo dos humanos.

Fato que faz a gente pensar em tantas crianças abandonadas neste mundo que tem se convertido em adultos violentos e assassinos. Será que também não é falta de convívio sadio com pessoas mais velhas?

Arno Kayser

Agrônomo, Ecologista e Escritor

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Anna Lúcia Florisbela  On 20/09/2013 at 16:38

    Oi Arno, muito interessante esse fenômeno dos elefantes. A comparacao com os humanos nao sei se poderemos generalizar, que as criancas abandonadas se tornaram agressivas e ou assassinas. Seria interessante saber se os presidiários por assassinato foram criancas abandonadas. No entanto há muitos (também é relativo) casos de assassinos que vem de “boas” famílias. Quero dizer nao foram abandonadas. No momento na Alemanha tem um caso de julgamento de uma neo-nazista que em um grupo mataram mais de 10 imigrantes. Tem esse caso recente da Noruega que matou mais de 200 jovens. A mae dele disse que nao podia entender. Esses sao casos extremos, mas casos soltos, é incrível o número de pessoas “normais” que se tornaram ou se tornam agressivas e asssassinas.
    Mas voltando para os elefantes. Eu li a poucos dias, que um veterinário que trabalhou muitos anos salvando elefantes em alguma parte da África. Aposentou-se e fixou casa a mais de 50 km de onde trabalhou. Ele faleceu e no dia seguinte tinha no quintal de sua casa mais de 20 elefantes. Que ficaram dois dias e nao aceitaram comida e nem água. Todos ficarma impressionados, como souberam. Foram agradecer um ser que os apoiaram. Eu acho tudo isso incrível.Um abraco
    Anna Lúcia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: