Um bar no fim da picada

Douglas Adams conta no seu livro  ”um Restaurante do Fim do Universo” de um estranho lugar com vista para o fim do universo. Os mais estranhos viajantes interestelares lá iam comer e curtir a paisagem bizarra que a fantasia do criador da série “o mochileiro das galáxias” foi capaz de imaginar.

Até o momento não sabemos se Douglas tem alguma notícia do Projeto Fim da Picada do Roessler. Mas certamente ele iria  curtir alguns locais que temos encontrado, quando chegamos  no fim da picada, em termos de bar e restaurante. Seguramente bons lugares para inventar novas estórias.

Um deles é o bar da “Bela Vista” no alto do Dois Irmãos. Fomos caminhar com o objetivo de atingir o ponto culminante da nossa serra. Trecho com muitas subidas fortes, que um calor atrasado, tornou ainda mais cansativo. Uma volta grande, por várias áreas de terras de colonos arredios, a princípio, mas que não resistiam a um bom papo no alemão local para nos dar passagem. Depois de horas de voltas chegamos até o ponto mais alto da montanha. Cansados e felizes ficamos algum tempo curtindo a vista fantástica enquanto preparávamos a decida, por um via diferente. Alguém comentou que naquela hora viria bem  uma boa cerveja. Todo mundo concordou. O que ninguém acreditou foi quanto, poucos metros depois, nos deparamos com o dito bar próximo ao topo aonde o desejo de todos pode ser satisfeito.

Fato semelhante aconteceu na volta da subida ao Morro Sapucaia. Vínhamos cansados depois da subida. Tínhamos perdido o ônibus de volta para São Leopoldo. O que nos fez andar um bom tempo a pleno sol. A distância era tanta que foi possível pegar um segundo ônibus, uma hora depois. A sede era muita. Tanto que ninguém resistiu a idéia, quando descemos bem na frente do “Bar dos Morenos”. Um bar familiar de pessoas negras, que levaram um bom susto com a alemoada,  que entrava louca por um refresco. Mas passado o susto inicial todo mundo pode matar sua sede em meio a curiosidade dos filhos do dono com tanta gente de cara vermelha(de sol, gente!).

Mas o mais espetacular bar no Fim da Picada foi o Kerb de São Miguel que ocorria no fim da caminhada junto aos arroios Carpintaria e Feitoria em Dois Irmãos. Tradicional festa popular que fecha várias ruas do centro da simpática cidade. Farta distribuição de cerveja, além de comida típica e música de bandinha, fazem da festa um senhor evento. Chegamos sujos e cansados depois de um dia inteiro arrotando lingüiça de fígado e torresmo que compramos numa padaria do caminho. Tomamos conta de uma das mesas e fomos logo nos abastecendo e nos divertindo por várias horas. Até entrevista para o Alan Caldas foi dada, além de bater um bom papo com a senhora da padaria da manhã, que nos reconheceu. Todo mundo muito espantado com estas andanças que são o fim da picada.

Pensando nelas nos lembramos de um refrigerante tomado num bar, à beira da estrada, em Lomba Grande. Estávamos testando um roteiro para uma caminhada do Movimento, organizada nos idos de 1989, e paramos num buteco, aonde um gaudério tocava músicas de cabaré em troca de cachaça. Meio tocado já aquela hora, deu um verdadeiro concerto de música popular, para uma platéia de admiradores sinceros, que suspiravam lembrando passados amores. Pelo menos foi o que nos pareceu.

Todas histórias só nos fazem perguntar, cada vez mais -afinal o que existe no fim da picada!!?-( ou do universo!!?).

Arno Kayser

Agrônomo Escritor e Ecologista

com a colaboração de Julian Mauhs

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Cátia Cylene  On 12/06/2011 at 01:22

    Arno, que bom relembrar de algumas das clássicas histórias do Fim da Picada. Sinto saudades das boas andançAs e experiências que este tão bem sucedido projeto do Movimento Roessler proporciona. Muito obrigada pelo texto e valeu pelo peixe!!!

    Abraços,
    Cátia Cylene

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: